PASOLINIANA LITERÁRIA

Atualização do Arquivo Pasolini de Todos os corpos de Pasolini.

AAVV. Pier Paolo Pasolini. Lignes, n◦ 18, Paris, out. 2005, Editor Léo Scheer.

ALBUM PASOLINI. Biografia per imagini e documenti. Milano: Oscar  Mondadori, 2011, 310p. ISBN: 978-88-04-55001-3.

BIANCOFIORE, Angela (org.). Pier Paolo Pasolini: Pour une anthropologie poétique. Colloque international, Université Paul Valéry – Montpellier III, 8-9 mars 2002. Volume collectif, 167 p. ISBN: 978-2-84269-792-1. O volume retoma parte das comunicações apresentadas por ocasião do Colóquio Pasolini: pour une anthropologie poétique (Université de Montpellier III, mars 2002). Pasolini é estudado enquanto “poeta antropólogo” que se revela atual num mundo em que as culturas, as línguas, os mundos desaparecem rapidamente, através dos fenômenos das migrações e da globalização. Ler Pasolini nessa perspectiva significa retornar ao seu engajamento sem esperança, ao seu niilismo ativo dos últimos anos.

BIANCOFIORE, Angela. ‘Médée’ de Pier Paolo Pasolini: la vengeance du sacré. O texto me foi enviado  pela autora sem referências.

BIANCOFIORE, Angela. La naissance d’Athéna: mythe et histoire dans Pylade de Pasolini. Cahiers de l’IREC, 1/2006, Université Paul Valéry, Montpellier.

BIANCOFIORE, Angela. Pasolini. Palermo: Edizioni Palumbo, 2003, 344p. ISBN: 88-8020-523-4. A última parte do ensaio contém uma história da recepção da obra de Pasolini de 1943 a 2003 e apresenta uma antologia dos textos críticos mais significativos.

CALABRESE, Giuseppe Conti. La mania della verità. Dialogo con Pasolini. Bologna: Cappelli, 1978.

CALABRETTO, Roberto. Pasolini e la musica. Edizioni Cinemazero, 1999, 560p.

CHIARCOSSI, Graziella; D’AGOSTINI, Maria (org.). Comizi d’amore. Roma: Contrasto, 2015. O livro apresenta a transcrição do filme homônimo realizado por Pasolini em 1963, acrescentado de documentos e materiais preparatórios, de um texto de Vincenzo Cerami e de fotografias de cena feitas por Mario Dondero e Angelo Novi, que seguiram o diretor num tour pela Itália em sua pesquisa sobre a sexualidade.

DE GIUSTI, Luciano (org.). Il cinema in forma di poesia. Edizioni Cinemazero, 1979, 188p.

DUFAUX, Jean; ROTUNDO, Massimo. Pasolini. Pig! Pig! Pig!. Paris: Glénat, 1993, 58p. Revista em quadrinhos escrita por Jean Dufaux e ilustrada pelo desenhista romano Massimo Rotundo. Vinte anos depois do assassinato de Pasolini, o policial decadente Antonio Scerba investiga os últimos dias do cineasta. Através das lembranças de protagonistas e testemunhas, os últimos encontros de Pasolini são revividos, até a descoberta de seu corpo na praia de Ostia. Uma espantosa galeria de personagens desfila nesse mistério criminal até hoje não elucidado.

FELICE, Angela (ed.). Pasolini e la televisione. Quaderni del Centro  Studi Pier Paolo Pasolini di Casarsa della Delizia, n. 1. Venezia: Marsilio, 2011, 263p.

FUSILLO, Massimo. La Grecia secondo Pasolini: mito e cinema. Firenze: La Nuova Italia, 1996.

JOUBERT-LAURENCIN, Hervé. Pasolini: portrait du poète en cinéaste. Paris: Cahiers du cinéma, 1995.

JÚNIOR, Erly Vieira. Recortes e rasuras no corpo: sagrado e erotismo no ‘Teorema’ de Pier Paolo Pasolini. INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Belo Horizonte, 2 a 6 set 2003, 15p.

LAHUD, Michel. A vida clara: linguagens e realidade segundo Pasolini. Campinas: Editora da Unicamp, 1993

LINK, Daniel. Pier Paolo Pasolini, Lejos del progreso. Revista Ñ, Buenos Aires, 30/10/15, Reportagem de capa.

LUCARELLI, Carlo, Pasolini e la sua morte, un segreto tutto italiano. Huffington Post, 15/10/2015, Disponível em: http://www.huffingtonpost.it/giuseppe-fantasia/carlo-lucarelli-pasolini-e-la-sua-morte_b_8302298.html?ncid=fcbklnkithpmg00000001.

MACCIONI, Stefano; RIZZO, D. Valter; RUFFINI, Simona. Nessuna pietà per Pasolini. Roma: Riuniti, 2011, 159p.

MEACCI, Giordano. Improvviso in Novecento: Pasolini professore. Apêndices de Massimiliano Malavasi e Francesca Serafini. Roma: Edizioni minimum fax, 1999, 408 p.

MOREAU, Alain. Le mythe de Jason et Médée. Le va-nu-pied et la sorcière. Paris: Les Belles Lettres, 1994.

NEPOMUCENO, Maria Rita. A visita de Pasolini ao Brasil: um Terceiro Mundo melancólico. Ciberlegenda, 2 nov. 2010, p. 38-48.

PASOLINI, Pier Paolo. “La Guinea”, in: BARDOTTI, S.; BERNOBINI, P. La loro voce la loro opera. Roma: Edizioni Letterarie, 1962.

PASOLINI, Pier Paolo. Bestemmia, tutte le poesie. 2 vs. Torino: Garzanti, 1993.

PASOLINI, Pier Paolo. Entretiens avec Jean Duflot. Paris: Gutemberg, 2007.

PASOLINI, Pier Paolo. Manifesto per un nuovo teatro [1968]. Teatro: Calderon, Affabulazione, Pilade, Orgia, Bestia da stile. Prefácio de G. Davico Bonino. Milano: Garzanti, 1988.

PASOLINI, Pier Paolo. Médée. Tradução e apresentação de Christophe Mileschi. Paris: Arléa, 2002.

PASOLINI, Pier Paolo. Poesia in forma di rosa. Milano: Garzanti, 1964

PONTE, Antonio José. La fábula de las luciérnagas. Revista Ñ, Buenos Aires, 30/10/15. Seção Opinion.

SALÒ: MISTERO, CRUDELTÀ E FOLLIA. Pasolini: Una testimonianza fotografica di Fabian. Roma: L’Erma di Bretschneider, 2005, 31p.

SARAIVA, Arnado (org.). Páginas de estética contemporânea. Seleção, tradução, prefácio e notas de Arnaldo Saraiva. Lisboa: Editorial Presença, 1966, 236p.

VINH, Graziella. La Grèce de Pasolini. Acta Fabula, v. 9, n. 1, 18 jan. 2008. Disponível em: http://www.fabula.org/revue/document3796.php.

VITELLI, Armando; ARBASINO, Alberto; LEONETTI, Francesco; SANGUINETI, Edoardo; MORAVIA, Alberto; PASOLINI, Pier Paolo. Requiem pelo romance. Debate organizado pelo jornal italiano Paese Sera, 26 mar. 1965. In: SARAIVA, Arnado (org.). Páginas de estética contemporânea. Seleção, tradução, prefácio e notas de Arnaldo Saraiva. Lisboa: Editorial Presença, 1966. 236p.

WU MING 1. La polizia contro Pasolini, Pasolini contro la polizia. Internazionale, 29 out. 2015. Disponível em: http://www.internazionale.it/reportage/2015/10/29/pasolini-polizia-anniversario-morte.

ZIGAINA, Giuseppe. Pier Paolo Pasolini et la sacralité de la technique. Editions Kara, 1986, 258p.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under NOTA DE RODAPÉ

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s