A IDEOLOGIA DE PASOLINI

Pier Paolo Pasolini, Alberto Moravia e Maria Callas na África, fotografados por Dacia Maraini. Fonte: http://www.vogue.it/en/people-are-talking-about/art-photo-design/2010/11/l-altrove-di-maraini-

Pier Paolo Pasolini, Alberto Moravia e Maria Callas na África, fotografados por Dacia Maraini. Fonte: http://www.vogue.it/en/people-are-talking-about/art-photo-design/2010/11/l-altrove-di-maraini-

Encontrei na Edição 2011/1 da Revista In-Traduções do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução da UFSC, o belo ensaio “A ideologia de Pasolini”, de Alberto Moravia, primorosamente traduzido por Stella Rivello. Moravia faz uma descrição perfeita das diversas fases da singular ideologia de seu grande amigo. Ao ler o ensaio, imagino os dois escritores a discutir suas posições políticas, cada qual  anotando, mais tarde, suas reflexões críticas sobre esses diálogos apaixonados. Coube a Moravia, que sobreviveu ao amigo, sintetizar nessas dez páginas, sem uma só linha supérflua, toda a evolução do pensamento de Pasolini, desde seu engajamento no projeto utópico de um comunismo agrário, até as desilusões em série trazidas pela homologação. Pode-se baixar o texto completo em PDF nesta página.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under NOTA DE RODAPÉ

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s